Prefeitura seta Gestão Pública
Prefeitura investe cerca de R$ 13 milhões em programa de bolsas a servidores criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
17-Feb-2016
Mais de 1.300 dependentes de funcionários municipais foram agraciados com a concessão de bolsa de estudos através do Programa de Valorização do Servidor, gerido pela Secretaria de Gestão (Semge). Além do incremento financeiro de 10%, passando a ter um investimento de R$ 12,7 milhões, mais 230 vagas foram criadas para o ano de 2016. A relação dos contemplados foi divulgado no Diário Oficial do Município (DOM) desta terça-feira (16).

De acordo com a secretária de Gestão, Sônia Magnólia, apesar do momento do país não ser favorável, em virtude da crise econômica, a Prefeitura de Salvador continua no caminho certo no cumprimento do seu dever em valorizar o seu servidor. “Mesmo com a arrecadação menor do município, a Prefeitura garantiu e ainda ampliou um benefício tão importante para o servidor, que é o Programa de Concessão de Bolsas de Estudos”, destacou a gestora.

Participaram do processo seletivo servidores que recebem entre R$ 1.810,50 e R$ 10.208,02 com dependentes que estiverem cursando o ensino infantil, fundamental ou médio. A Prefeitura arca com o valor das mensalidades nos percentuais de 60% a 90%, que será consignado em folha de pagamento a partir do mês de fevereiro, observando-se os critérios estabelecidos em legislação. Foi concedida apenas uma bolsa por servidor.

Das 1.312 bolsas, que estão distribuídos em 34 escolas localizadas em diversos bairros do município, as secretarias da Educação (Smed) e Saúde (SMS) concentraram o maior número de benefícios, 509 e 421 respectivamente.
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >