Prefeitura seta Gestão Pública seta Todas as Notícias seta Notícias seta Motoristas da Prefeitura realizam teste do bafômetro durante o Carnaval
Motoristas da Prefeitura realizam teste do bafômetro durante o Carnaval criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
06-Mar-2017
A Secretaria Municipal de Gestão (Semge), em parceria com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), realizou durante todo o Carnaval uma operação de fiscalização com os quase 600 motoristas que atuaram na maior festa de rua do Planeta. No total mais de 2.500 testes do bafômetro foram aplicados, sendo realizado em média, quatro aferições por motorista.


O bafômetro foi realizado no pátio da Semge, no Vale dos Barris, da quarta-feira (23) até terça-feira (28), sempre das 7h às 17h. Durante toda a operação nenhum motorista apresentou irregularidade no teste.      


De acordo com o secretário de Gestão, Thiago Dantas, essa é uma ação preventiva que garante que os condutores dos veículos oficiais da Prefeitura estejam aptos para prestar um bom serviço à população. “Toda vez que o motorista precisa abastecer o veículo, ele precisa desbloquear o cartão e esse procedimento só é possível se passar pelo teste do bafômetro e comprovar que está apto para dirigir”, explicou Dantas.


O gestor da Semge, falou também que caso o motorista seja flagrado no teste do bafômetro, automaticamente ele é desligado da operação e responderá administrativamente pela má conduta. “Essa ação é uma forma de darmos exemplo para a sociedade. Mostramos que é cobrado internamente o mesmo que é cobrado dos demais cidadãos", destacou Thiago.


Em 15 anos, apenas cinco motoristas foram pegos no bafômetro. Segundo o subcoordenador de Gestão de Frota da Semge, Cláudio Mangieri, a operação é de extrema importância para a cidade, pois garante a segurança tanto das pessoas que estão nos circuitos quanto dos colaboradores municipais.


Convocação - Como forma de tornar a obrigatoriedade da realização do teste do bafômetro um momento mais descontraído, são distribuídos na ação com os profissionais panfletos e brindes, como bandanas. "A maioria dos motoristas acha importante essa ação e nos apoiam. É uma forma de conscientizar a todos e propagar isso", ressaltou a supervisora da operação, Márcia Costa.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >