Prefeitura seta Gestão Pública
Prefeitura pune empresa por não cumprir obrigação com funcionários criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
04-Feb-2009
 

 A empresa Postdata Serviços e Gestão de Saúde Ltda foi punida pela Prefeitura de Salvador por não ter cumprido suas obrigações contratuais com a administração pública municipal, ocasionando atraso de salários dos funcionários terceirizados. A empresa recebeu multa de 1% sobre o valor mensal da fatura e teve o direito de licitar e contratar com a gestão pública da PMS suspenso por um período de três meses.

        A pena foi aplicada pela Secretaria de Planejamento, Tecnologia e Gestão (Seplag), com base nas leis 4.484/92 e 6.148/02 e no Decreto Municipal 15.984/05, combinado com Art.87 da Lei 8.666/93. A decisão consta da Portaria 048/2009, publicada no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (dia 4).

 

Salários

 

      Além da punição aplicada à Postdata, a Prefeitura resguardou os direitos dos trabalhadores terceirizados contratados pela empresa. Em audiência realizada no Ministério Público do Trabalho, no último dia 30 de janeiro, foi negociada a liquidação de parte dos débitos da empresa com os funcionários, até o próximo dia 9.

As parcelas rescisórias não entraram nesse acordo, que contemplou apenas os salários atrasados. No dia 5 de março, às 14 horas, haverá nova audiência na Procuradoria Regional do Trabalho, para tratar da questão, quando será definido o modo de pagamento e os valores correspondentes à rescisão do contrato de trabalho dos funcionários.

 

Ascom/Seplag

 4.2.2009
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >